domingo, 6 de fevereiro de 2011

Citação do dia

"Os Deuses amam o caos, mas a maioria de nós o teme, e é por isso que tentamos fazer a ordem. Mas quando você tem ordem, você não precisa dos Deuses. Quando tudo está bem ordenado e disciplinado, nada é inesperado. Se você entende tudo, não resta espaço para a magia. Só quando está perdido, apavorado e no escuro é que você chama os Deuses, e eles gostam de ser chamados. Isso os torna poderosos, e é por isso que gostam de que vivamos no caos."
Bernard Cornwell

Polêmico, mas gera boas reflexões. Não quero falar aqui da fé genuína, pois nada sei sobre ela; não posso negar que ela existe, assim como não posso negar que ela é raríssima. Também não quero especular sobre a existência de Deuses, apenas sobre o motivo que nos faz acreditar Neles.
Falo da fé das Massas (se é que posso chamá-la de fé), da fé cega, do fanatismo. Ora, viver não pode ser dissociado de sofrer; a vida implica, necessariamente, em angústia, incerteza, dor. E a maioria das pessoas não consegue encarar a vida assim sem supor que deve haver algum motivo para tanto sofrimento. Por isso elas buscam a existência de Deuses, para em seu desespero e medo diante do incerto encontrar algo que lhes conforte e lhes dê uma razão. Elas buscam uma explicação para o sofrimento da vida.
A religião se alimenta do caos na mente das pessoas ao tentar entender o mundo. O que a consciência não compreende de maneira lógica, a religião dá uma resposta. Mas já faz alguns séculos que a Ciência vem entregando, de uma maneira ou de outra, essas respostas às pessoas numa velocidade espantosa. Estamos compreendendo, racionalmente, as leis que regem o universo, que nos permitiram evoluir e pensar, e que de fato não há nenhum motivo maior para estarmos aqui sofrendo. Quem precisa da ajuda de Deuses, então?
A fé das pessoas é motivada pelo medo, medo de que, afinal, não haja um sentido para a vida.

P.S.: Me inspirei pra escrever esse comentário porque andei lendo isso aqui.